Vereadores começam a analisar proposta de diretrizes orçamentárias para 2022

Projeto de LDO foi enviado pelo prefeito, e a Câmara tem até o dia 30 de junho para apreciá-lo
Vereadores começam a analisar proposta de diretrizes orçamentárias para 2022

Foto: ACSI/CMI - Anselmo Luiz Pereira Cabral

Acaba de chegar à Câmara projeto de lei do prefeito Nilson Gaspar que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração e execução do orçamento municipal para o próximo ano. O projeto foi encaminhado às comissões permanentes do Legislativo e os vereadores têm até o dia 30 de junho para a apresentação de emendas ao projeto e para apreciá-lo.
A LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) compõe, juntamente com o Plano Plurianual e a Lei Orçamentária Anual (LOA), a base do planejamento municipal.
Em mensagem encaminhada à Câmara, o prefeito destaca que “a tarefa de planejar é por si só um desafio. As demandas são diversas e há carências em todas as áreas, além de recursos muitas vezes escassos. Nesse contexto, torna-se claro que a atividade de planejar também consiste em definir prioridades, postergando uma coisa em favor de outra”.
Até o dia 10 de março, está sendo disponibilizada ferramenta interativa para participação popular no site da Prefeitura.
Observando o momento atual em que prevalecem as indefinições causadas pela pandemia, o presidente da Câmara, Pepo Lepinsk, frisou que a tarefa dos vereadores, ao apreciarem a proposta do Executivo, é das mais difíceis. “Precisamos aprovar uma LDO que realmente consiga nortear a elaboração do orçamento de 2022 de forma equilibrada e que aponte para a promoção dos mais vulneráveis, sempre os mais prejudicados nos períodos conturbados da economia nacional”.

registrado em: